BLOG da Biblioteca escolar do AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ALTO DOS MOINHOS - Terrugem

28 outubro, 2010

ETerna Biblioteca – 8.º Encontro de Professores e Educadores do Concelho de Sintra sobre Bibliotecas Escolares

Caros colegas e amigos, aqui apresentamos uma sugestão cultural, não só e sobretudo para professores bibliotecários, como também para todos os que tiverem interesse em enriquecer a sua perspectiva junto dos livros e de todas as dinâmicas que giram em torno deles. O programa é bastante rico e interessante; os formadores são simplesmente...grandes referências e o modelo de formação em ateliers é bastante atractivo e diversificado. Para além destes trunfos, o 8º Encontro conta ainda com uma apresentação especial: "LIVRO", o novo livro de José Luís Peixoto. Uma oportunidade a não perder ... Aventurem-se!!!

Programa:

Sexta – 5 de Novembro | Palácio Valenças

09h00 – Recepção e entrega de documentação (confirmação das inscrições nos ateliês)
09h30 – Sessão de abertura
Com a presença do Senhor Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Fernando Roboredo Seara
Frederico Eça • Director do Departamento de Educação
Margarida Toscano • Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares, Ministério da Educação
10h00 – Painel
“Bibliotecas Escolares de Sintra: percursos e ambições”
Isabel Mendinhos • RBE – Coordenadora interconcelhia das Bibliotecas Escolares – Sintra
Histórias trampolim”
Cristina Calado • Professora bibliotecária do Agrupamento de Escolas D. Carlos I – Sintra
“Um Agrupamento em torno da(s) sua(s) Biblioteca(s)”
Graciete Monteiro • Professora bibliotecária do Agrupamento de Escolas António Sérgio – Cacém
“Biblioteca Escolar e currículo: uma ligação imprescindível”
Gina Rodrigues • Professora bibliotecária da Escola Secundária de Matias Aires – Cacém
Apresentação do vídeo: “Bibliotecas Escolares de Sintra: a construir o futuro”
11h15 – Pausa
“Griotizando”
Ângelo Torres • Contador de histórias
José Galissá • Músico
11h45 – “Pensar a Leitura no Século XXI: como recuperar o humano?”
Paula Mendes Coelho •  Universidade Aberta

12h30 – Intervalo
14h00 – Ateliês | Duração: 03h00
A) “Ilustrar poesia – workshop de ilustração com materiais recolhidos da natureza”
Danuta Wojciechowska • Ilustradora
Sala do Conto da Biblioteca Municipal de Sintra
B) “Quando o tratamento documental é um problema”
Fátima Rocha • Professora bibliotecária do Agrupamento de Escolas Professor Galopim de
Carvalho – Queluz
Sala Vergílio Ferreira da Biblioteca Municipal de Sintra
C) “Com as mãos nas histórias – ateliê de modelagem de esponja”
Carla Guerreiro e Elsa Amado • Animadoras dos Centros Lúdicos de Rio de Mouro e das Lopas
Sala de Chá da Biblioteca Municipal de Sintra
D) “Estórias para todos – adaptação do livro O Nabo Gigante, de Alexis Tolstoi e
Niahm Sharkey – Sistema de Comunicação Aumentativa/Alternativa”
Paula Meneses e Lia Pinto • Animadoras do Centro Lúdico de Rio de Mouro
Sala da Nau do Palácio Valenças
18h00 – Quinta da Regaleira
Apresentação de "Livro", de José Luís Peixoto
Apontamento Musical: Alunos e professores da Escola EB 2,3 Padre Alberto Neto
Com Francisco José Viegas | Quetzal Editores
Apresentação feita por Miguel Real (crítico literário)
Colares de honra

 


Sábado – 6 de Novembro

09h30 – Ateliês | Duração: 03h00

A) “Escrita mal comportada” Miguel Horta • Pintor | Mediador cultural Sala da Nau do Palácio Valenças

B) “Histórias para ouvir de olhos fechados”
Margarida Fonseca Santos • Escritora
Sala do Conto da Biblioteca Municipal de Sintra
C) “Animais que saltam fora do papel”
Ana Sofia Gonçalves • Ilustradora
Sala de Chá da Biblioteca Municipal de Sintra
D) “Web 2.0 na Biblioteca”
Carlos Pinheiro • Professor bibliotecário do Agrupamento de Escolas de Rio de Mouro Padre Alberto Neto
Sala Vergílio Ferreira da Biblioteca Municipal de Sintra

12h30 – Intervalo
14h30 – Mesa-redonda
“O Livro e a Leitura: do manuscrito ao digital”
José Afonso Furtado • Director da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian
Sara Walter de Freitas • Directora de marketing do Grupo LeYa
António Torrado • Escritor
Moderador: Fernando Alvim • Director da “Revista 365”

16h00 – Pausa
16h15 – “Chazinho de poesia com Matilde”
Leitura encenada de poemas de Matilde Rosa Araújo, pelos alunos da Escola EB1/JI da Xutaria
(Agrupamento de Escolas Casal da Barota – Belas)
16h45 – Sessão de encerramento
Com a presença do Senhor Vice-Presidente da Câmara Municipal de Sintra e Vereador da Educação, Marco Almeida

12 outubro, 2010

Alunos da escola desenterram o Nabo Gigante

O Nabo Gigante
Edição/reimpressão: 2005
Páginas: 40
Editor: Livros Horizonte
ISBN: 9789722412056

Os alunos da professora Silvina Feijão desenterraram O Nabo Gigante numa actividade de leitura em voz alta e encenação apresentada aos alunos do pré-escolar. Com esta actividade desenvolveu-se o sentido da cooperação entre diferentes ciclos de ensino  com um resultado bastante positivo e cativante, quer para quem apresentou quer para quem assistiu. Este livro permite-nos trabalhar diversos conteúdos com alunos da pré e do 1º ciclo, nomeadamente: contagens, sequências, oralidade, antecipações, orientação espacial ...
Não deixa de ser uma proposta interessante para quem trabalha com alunos mais jovens. Um livro recomendado pela "Bibliotecaventura". Aventurem-se!!!



O Nabo Gigante
Já do século passado, é "um conto original russo, recolhido e adaptado por Alexis Tolstoi no séc. XIX, tem os ingredientes de um conto popular verdadeiramente hilariante, pensado para crianças com menos de 5 anos e para todos os que se iniciam no mundo da leutira. Acompanha as atribulações de um simpático casal de velhinhos nesta nova versão, enriquecida com as belíssimas ilustrações de uma premiada artista irlandesa, Niamh Sharkey." in Wook

Outras curiosidades:

Alexis Tolstoi (não confundir com o conhecido Leon Tolstoi), nasceu em  São Petersburgo a 5 de Setembro de 1817 e  morreu a 10 de Outubro de 1875. Foi um poeta russo, dramaturgo e romancista. Ficou conhecido por algumas obras como "O vampiro", " A morte de Ivan o Terrível", " O cavaleiro de prata", "O czar Boris"... e outros romances históricos. 
Graduou-se na Universidade de Moscovo em 1836 e passou a maior parte da vida na corte do Czar, servindo como  Mestre de Cerimônias e mais tarde como Grão-Mestre da Tapada Real. Aposentou-se do serviço em 1861 para dedicar mais tempo à escrita, sobretudo poesia e escrita de contos, alguns para crianças.


No slideshow abaixo podem ver o texto e as ilustrações reais do livro editado em Portugal:

05 outubro, 2010

100 anos da República Portuguesa - sugestão de leitura

O Dia em Que Mataram o Rei
José Jorge Letria escreveu
Afonso Cruz ilustrou

Edição/reimpressão: 2007
Editor: Texto Editores
ISBN: 9789724734057
Idioma: Português
Dimensões: 244 x 200 x 18 mm

De José Jorge Letria, o homem que (quase) escreve um livro por dia, nasceu mais um livro da sua autoria. Este de 2007.

No âmbito das comemorações do centenário da república Portuguesa, propõe-se uma Aventura pelo livro aqui apresentado. Trata-se de uma proposta bastante interessante para quem quer passar uma cena, brilhantemente descrita sobre o regicídio de D. Carlos a 1 de Fevereiro de 1908 aos seus alunos. É uma obra da literatura infantil que tem toda a legitimidade em fazer parte do PNL e utilização “obrigatória” na abordagem ao tema da Implantação da República, no 1º e 2º ciclo. Mais uma vez, o “livro infantil” se apresenta como um recurso por excelência na abordagem de temas curriculares.

Informação retirada da página da TEXTO EDITORES:

--» Através das palavras e reflexões de um menino de dez anos, José Jorge Letria faz uma síntese do panorama político e social que viria a culminar na Implantação da República.

Num estilo lúcido e vivaz, esta obra de grande pendor didáctico permite captar o ambiente social que antecedeu o fim da monarquia. Uma reflexão sobre política e história, sem deixar de abordar temas tão universais e intemporais como a liberdade e a felicidade.

“Há precisamente cem anos, a 1 de Fevereiro de 1908, desembarcavam em Lisboa o rei D. Carlos, a rainha D. Amélia e o príncipe D. Luis Filipe, de regresso de umas férias em Vila Viçosa. Sem o saber, a multidão que se juntara no Terreiro do Paço, para assistir ao cortejo real, estava prestes a presenciar um momento dramático. De joelhos, munido de carabina, um homem disparou contra a carruagem real. Vindo não se sabe de onde, um outro conspirador aproximou-se da carruagem e desferiu vários tiros de pistola contra o rei, a rainha e os príncipes.

Começava assim um dos mais determinantes períodos da história de Portugal. O virar de uma página, que representou o início do fim de quase de setecentos e setenta anos de monarquia e que, pouco mais de dois anos depois, culminaria na Implantação da República, a 5 de Outubro de 1910.

Em O Dia em que Mataram o Rei, da colecção Álbuns Infantis, através das palavras e reflexões de um menino de dez anos, José Jorge Letria faz uma síntese do panorama político e social que levaria a este tão dramático epílogo. Falando-nos da pobreza generalizada e da opressão policial, não deixa de nos confrontar com a outra face da moeda: apresenta-nos o retrato de um rei de tendência humanista e que, porventura nem sempre da melhor forma, tentou engrandecer a imagem de Portugal no mundo.

José Jorge Letria, nascido em Cascais, em 1951, é hoje um dos maiores nomes da nossa literatura. Com quase duzentas obras publicadas, é um dos autores portugueses mais traduzidos de sempre, com escritos seus publicados da Espanha ao Japão. Como poeta ou ensaísta, romancista ou compositor musical, em todas estas facetas revela o seu apurado sentido estético e singular estilo narrativo. Este homem dos sete ofícios destaca-se também como autor de obras infantis, que constituem uma grande parte da sua obra literária.”
 
Se queres saber mais, agarra este livro, numa prateleira perto de ti...
 
 

5 de Outubro de 1910 - Implantação da República em Portugal

03 outubro, 2010

Que comece a Aventura!...

Autoras: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (conhecem?!) 
  • ISBN-13: 9789722110341
  • Editora: Editorial Caminho
  • Data Publicação: 1996-04-01
Serve o título do presente livro, apenas para ilustrar e dar início a mais uma aventura no Agrupamemto de Escolas Alto dos Moinhos.
O lançamento deste Blog, particularmente ligado ao Projecto da Biblioteca Escolar, tem a finalidade de promover, publicar e divulgar o que se vai fazendo por cá (pré-escolar, 1º, 2º e 3º ciclo). Esperamos que este espaço possa ser útil, não só à nossa comunidade educativa mas a todos os que nos queiram visitar de vez enquando.
Que esta aventura seja bastante intensa, carregada de suspense, com muitos suspiros e olhos esbugalhados. Para seguir as pistas não é muito complicado, basta fazer umas leituras ao que se vai publicando e eventualmente dar uns toques de escrita... através de comentários e ou concorrendo a diversos concursos de escrita crativa (prosa, poesia; narrativas; ficção; sketches; humor, etc) que aqui irão ser apresentados, entre outras propostas divertidas e interessantes. Estejam atentos e mantenham-se sintonizados.
Boa aventura!